Me deu vontade de gritar ao mundo, toda a minha experiência com drogas, ao absurdo que essa escolha me levou. Não vou poupar palavras, palavrões, sentimentos, nenhum deles, todos seram ditos sem a menor maquiagem, afinal se não poupei minha vida, não será agora que vou medir palavras.

Tudo que ler é a mais pura verdade, como vivo agora e muitos momentos de meus diários, escrevi tudo esses anos todos. Não vou citar nomes verdadeiros, nem o meu, muito menos os daqueles que comigo dividiram esses 26 de vida no uso ativo de drogas. As informações que eu omitir será apenas para evitar que invadam minha privacidade, minha vida no momento.

Não sei que ordem vou dar a cada postagem, não sei se vou seguir ordem cronólogica. Vai assim do jeito que eu sentir vontade de contar. (Desculpem, se na forma de redigir contém erros seja eles quais forem eu sei que é agradável aos olhos ler algo sem erros, mas como não sou escritora e estou mais atenta aos sentimentos, é bem provável que vá acontecer mas vou tentar me policiar).

Caso queiram entrar em contato, para dúvidas, perguntas, alguma curiosidade - email:
existenciaativa@hotmail.com

domingo, 14 de abril de 2013

Quatro anos sem droga... renascendo...racionalizando ...sentindo.

Estou a 4 anos sem o uso de drogas, como está sendo ficar limpa esse tempo... Devo dizer que foi um turbilhão de sentimentos, de muitos questionamentos, de aprendizado, entendimento. Aceitar a vida sem anestesia, voltar pra esse mundo real.
Ficar sem droga a essas alturas é o de menos, a vontade ainda existe, mas fica em segundo plano. O mais complicado foi e ainda é mudar todos os hábitos adquiridos ao longo de tantos anos. Entender dentro de mim, o que é razão, o que é emoção. O que eu sempre pensei...o quanto sou eu de verdade e o que é resquício das drogas, ter compreensão, humildade para  aceitar que muitos dos meus pontos de vista estavam errados.
Não mudei em muitas atitudes externas, trabalho, disciplina, ainda não vi grandes mudanças, mas internamente, muita coisa mudou...
Consegui nesses 4 anos limpa, me respeitar, sempre fui introspectiva, penso, penso, racionalizo, peso, sinto, se houver um sentido emocional, faço, se não tiver, não faço, simples assim. Não me prendo mais, já que o meu conceito de liberdade era totalmente errado, pois era escrava das drogas e agora não sou mais, me dou ao direito de ir e vir, pela minha razão sim, mas sem deixar jamais de lado o meu sentimento, eu sou a pessoa mais importante, pra mim mesma. Se eu não estiver inteira, ninguém que amo estará (não no meu ponto de vista).
É a vida tomou outro foco, outro rumo, quero mais de mim, quero mais dos que me ajudam, mas quero só o suficiente, não faço sobre hipótese alguma, o que não me faz sentir bem comigo mesma.
Não me relaciono com quem me machuca, sai de um padrão de relacionamento que não era bom, porque afinal eu só queria me machucar mesmo, e não falo somente de relações amorosas.
Aprendi a abrir mão do “controle” se o meu foco, o meu jeito de fazer ou pensar está em desacordo com o que quer o, então não ajo, não faço do meu modo, deixo nas mãos de Deus, pode parecer algo de religião isso, mas não, é aprender a entregar algo da minha vida, nas mãos de Deus, isso me deu uma paz interior enorme, isso se chama fé.
Estou me encontrando!!... Vocês não tem noção do quanto quis, desejei, implorei por isso.
Ser apenas eu, sentir de verdade, ser humana, viver esse momento, sem estar perturbada. Momento paz de espírito. Amém! 

23 comentários:

  1. olá ... descobrir seu blog recentemente ... estou lendo seus post ... sua história me fez lembrar alguém muito especial na minha vida, que também é dependente químico ... obrigada por dividir suas experiências e falar de uma forma tão clara sobre drogas ... um abraço

    Rizélia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rizélia

      Fique à vontade!
      Imagina, por nada.

      Beijo

      Excluir
  2. boa noite, descubri seu blog por caso, entrei no google pra pesquisa obre remedios q pode tirar ansiedade das drogas ai deparei com seu blog, ai por curiosidade invadi e por um milagre ou melhor falando, por um dedo de um anjo cliquei, e li sua historia, muito emocionante, eu tb entrei nessa vida a pouco tempo menos de um ano e a minha é pesada, e to tentando sair, realmente é dificil muito, mais graças a Deus tenho uma familia q ta me dando a maior força, to participando de uma clinica aqui q é do estado o CAPS muito boa, a pessoa entra pela manha e sai no final do dia, tem varia atividades, palestras e muita força e apoio de profissionais,e o melhor sem custo financeiro pra mim ou melhor pra quem quizer entrar, é totalmente de graça. to adorando, so q como vc falou é dificil, pra mim ta sendo ainda mais pq sou nova la, começei na quinta, mas tenho fe em Deus q vou sair e vou ficar limpa tb, parabéns e mais uma vez obg, pois seu blog me ajudou muito adorei seu depoimento, bjs e muito sucesso pra vc...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lindiana,

      Se entrega ao tratamento, não coloque barreira nenhuma. É maravilhoso, o que está por vir sem o uso de droga. Continue, vc vai conseguir.

      Beijos

      Excluir
  3. Olá, estou naquelas madrugadas malditas, onde a cabeça está a mil, mas nada que preste vem. Estou meio cansado das coisas, aliás, até escrever sobre isso falta-me ânimo. São carência, autoestima baixa, arrependimentos, ressentimento, falta de perspectiva...... Complicado! Alguns se apegam à família, outros a Deus, etc........ Ainda não sei em que me apegar, parece que não tem jeito. Sou fútil, prático demais, impaciente. Sempre fui assim. A droga caiu como uma luva até certo momento, mas ultimamente tenho me achado patético drogado. E tenho preguiça do mundo, das pessoas, de planejar, nada mais me vislumbra! Desabafo.....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, vc me descreveu a alguns anos atras, eu sei exatamente do que fala.
      Tem algumas pessoas que dizem que alguns adictos já tem esse comportamento 'adictivo" antes de usarem droga, é só um "casamento" o que acontece.. vc mostra que isso é real.

      Sabe anonimo, acho o cansaço algo muito bom, bom mesmo é vc diz estar cansado. O cansaço é o limite, depois dele ou cai ou muda, é chegada a hora de mudar.

      Boa sorte, se precisar estou por aqui, eu me mande email, fica algo entre nós.

      Beijos, fica com Deus

      Excluir
  4. Vida, parabéns!
    Fico feliz demais!
    Beijos, querida!
    Regina

    ResponderExcluir
  5. Oi,gstei do blog parabens para voce que voce continue assim para sempre eu so keria dizer que sou casada com um ex drogado ele ta limpo ha 4 anos tmbem mas el e um pouco agressivo nao tem muita paciencia e eu fico cansada disso eu pensei que ele tinha mudado o comportamento mas continua na mesma so pensa em porrada n sei uke fazer eu nao aguento mais

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Procure ajuda, tenho certeza que você não nasceu pra ficar sofrendo, se valorize, se ame, pense em vc e mude de vida.
      Se ele continua agressivo e pq só parou com as drogas mas não mudou comportamento. Ele tb precisa de uma ajuda efetiva.

      Qualquer coisa de mande email.
      Boa sorte, fique com Deus.

      Excluir
  6. Oi estou aqui para agradecer por levar a msn de recuperacao, 2 meses atras li seu blog e me identifiquei com sua historia, depois procurei saber mais sobre na e conheci,hj estou a 35 dias limpo depois de usar drogas por 6 anos, graças a deus e minha força de vontade de correr atras da recuperaçao estou limpo,obrigado vou continuar voltando a na.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que maravilha ler teu depoimento!!

      Bem vindo companheiro, eu que agradeço, continue o segredo está na próxima.
      Vc nem imagina o quanto me ajuda.

      Abraços tj

      Excluir
  7. Oi.. estou nessa a 4 anos, começou a ficar constante em março deste ano por vontade de esquecer momentos, situações, pessoas, um filhote perdido... Hoje me encontro perdida, todos os dias me sinto um lixo.. e ainda n consegui dizer não.. a cabeça não para, sei que preciso de ajuda, mas ainda n consegui contar a Ngm na minha família... meus pensamentos estão com tudo,estou uma pilha de nervos. Quero conseguir dizer não, não aguento mais me destruir.. te acho tão forte e Corajosa... Não sei se a idade.. mas perder meu filho aos 17 anos não me permite chegar tão longe... enfim.. me perco de tanto pensar.. falei..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi linda.. não precisa dizer nada a ninguém, não precisa tentar aceitar essa dor da perda, não precisa achar que a vontade vai chegar um dia 100%. Não precisa nada disso, o que precisa e tomar uma atitude, vá numa reunião. Tenta ficar limpa um dia de cada vez, no mais todas as tuas dores, os teus sentimentos, as dificuldades que vc tem de lidar com a vida, vai se solucionar com o tempo, vem pra uma reunião de NA, preciso de vc, preciso muito!!
      Fique com Deus,
      Abraços
      Vida. F.

      Excluir
  8. Queria muito falar com vc! Se tem algum e mail q eu possa entrar em contato?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi anônimo,

      Tenho sim existenciaativa@hotmail.com
      Fique à vontade.
      Abraço

      Excluir
  9. Descobri esse blog agr, por meio do google estava procurando por fotos de drogadas bem acabadas p/ ver se consigo me concientizar do q É uma vida de droga. Eu desde que me lembro nao sou mt apegada a vida, aos amigos nem nda, nao consigo seguir um plano p/ o futuro , sempre q comesso alguma coisa acabo enjoando ou desistindo na 1° dificuldade e me pego morrendo de vontade de tomar algo p me desligar, nem que seja encher a cara d cerveja ou d vinho com remedios, n importa oq qero É fugir da realidade me desligar do mundo... Eu usei droga por 5 meses com o meu ex-namorado fumavamos maconha, dps paramos por 11 meses por imposicao da minha familia, mas dps disso fumei de nvo mais umas 2 veses, e p mim me senti maravilhada era como se nunca tivesse parado, nunca cheguei ao uso d drogas fortem INFELIZMENTE, sim infelizmente p/ mim É infelizmente pq esse mundo dos drogados ainda mt me atrai, só nao tenho coragem d ir atraz d droga talvez por q nao qero machucar mais ainda a minha mae q fco acabada qdo descobrio q eu fumava maconha, mais ainda quero, quero mto me drogar e com drogas mais fortes, oq fasso para sair disso e parar de pensar assim?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônima, vc e a típica adicta é a pessoa que carrega todos os sintomas da doença da adicção. Lendo vc, me vejo e vejo todos aqueles que estão em recuperação nas salas de NA, se um dia se der a chance de ir numa sala, vc vai se identificar totalmente com tudo que tem lá, vai se sentir em casa, porque somos exatamente assim, essa má vontade de viver, essa falta de interesse pelo que é certo, essa atração pelo errado da vida. Eu entendo perfeitamente esse "infelizmente", essa doença é tão maldita que ela faz a gente pensar assim mesmo. Mas eu infelizmente usei e posso te garantir foi um inferno, foi a pior escolha que eu fiz na vida.
      O que fazer... Essa falta de amor pela vida, falta de fé, falta de alegria, etc, nunca vem do nada, só vc sabe o que te levou a ter esse desinteresse todo pela vida ( todos nós temos traumas e não soubemos lidar com eles). Se eu posso te dizer algo pra ajudar eu diria, procure ajuda, seja numa sala de NA, seja com um psicologo, pra vc entender a origem dessa compulsão, o que é adicção.
      Se for for numa sala de NA, vc pode com o tempo frequentar o HI e ir em clinicas onde os usuários ficam internados, em clinicas psiquiátricas, em presídios. Vai ver onde a droga leva a pessoa, vai ver meninas novas, usando fralda, falando nada com nada, sem noção da realidade, posso te garantir que vai te convencer mais do que ver fotos, e vc não só visitar, vc vai ajudar, levar a mensagem para aqueles que estão sofrendo.
      Tem tanta coisa que poderia te dizer...
      Mas tenho uma pergunta, vc quer parar de usar droga e mudar de vida?
      Se preferir, me mande email, assim podemos falar mais a vontade, mas somente se preferir.
      Boa sorte pra vc, faça a escolha certa, se contrarie, não sei se esse blog pode te ajudar, mas leia ele todo, vc vai ver que no final sempre termina em cadeia, morte, ou instituição o mundo das drogas, não tem final feliz e somente sofrimento e mais sofrimento.
      Grande Abraço
      Vida. F.

      Excluir
  10. Sim, seu blog me ajuda mto, principalmente pq sinto que tenho que enfrentar isso e nao posso nem comenta nda com as pessoas que convivo... Ainda nao li tdo mais tdo oq ja li aqui É como se fosse uma experiencia... Parabens pelo blog tenho ctza de que vc ajudo mta gente alem d mim.

    ResponderExcluir
  11. 1 ano sem a cocaina dedico isso a você e seu blog , que fez eu abrir meu olho pra ver que isso tudo não traz nada ! Benefício nenhum só PREJUÍZOS . Fico feliz por saber que você ainda segue forte na luta . Ainda consumo maconha pra dar uma relaxada fugir do marasmo que as pessoas são . Mas parei de beber e fumar cigarro vo curtir meus 19 anos em diante , só quero o bem pra mim e para os que merecem . Um abraço boa sorte !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu ia dizer que maravilha, mas não, vc ainda fuma maconha. E uma droga tão prejudicial quanto qualquer outra. Mas se eu pude de alguma forma te ajudar a para com algumas já fico feliz, mas vou ficar feliz quando parar com tudo, combinado? Que vc perceba isso logo.
      Abraços

      Excluir
    2. Combinado ! sempre passo por aqui no seu blog. gosto muito daqui pois me livrou de uma coisa muito ruim , as vezes ainda sinto vontade de usar denovo só por uma noite pra curtir mas sei que essa noite pode custar muito caro ! atualiza mais o blog queria muito saber como anda as coisas pra você !

      Excluir
  12. bom naum uso drogas mas o grande amor da minha vida foi usuario parou a alguns meses ..ele muda de comportamento muito rapido as vezes ta bem outras pessimo ker fikar sozinho sem conversar com ninguem..gostaria muito de ajudalo ve lo feliz pois é orrivel a vezes perco a paciencia mas eu o amo tanto k suporto mas kero muito k ele volte a ser o cara k conheci

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Anônima, nós dependentes químicos somos muito complicados, mas Co-dependência é muito difícil tb, Na verdade eu não entendo vcs. Mas tem quem possa ajudar. Procure uma sada de Nar-Anom, são pessoas iguais a vc, que vivem o mesmo problema.Vão te ajudar.

      O link é esse:

      http://www.naranon.org.br/

      Boa sorte!

      Excluir